0
0
0
s2sdefault

altNeste Natal, não me presenteiem com a insensatez nacional. Recuso blefes de linguagem cívica, rosas murchas de jardins ressecados, abraços vazios de coração. Ando saturado dos discursos desgramatizados da ética.

0
0
0
s2sdefault

 

É fácil criticar os terroristas do Estado Islâmico, que não respeitam nada nem ninguém. Difícil é derrotar o terrorista que me habita e se manifesta quando encontro quem não pensa como eu. O terrorista que há em mim fala em democracia para o público externo.

0
0
0
s2sdefault

 

altA CPI da Petrobras gasta fortunas do contribuinte e termina com um relatório pífio, no qual o único culpado é quem, por meio de delação premiada, colabora com a Justiça na identificação de criminosos.

0
0
0
s2sdefault

altParece que estão todos acometidos de nomofobia, essa permanente dependência do celular, também qualificada de atenção parcial contínua. Há quem não consiga desligá-lo nem na hora de dormir.

0
0
0
s2sdefault

 

altA crise brasileira é a crise da democracia virtual que predomina no Ocidente. Desde quando se introduziu o sufrágio universal, a suposta democracia política jamais coincidiu com efetiva democracia econômica.

0
0
0
s2sdefault

 

altAinda que políticas sociais tenham sido implementadas com êxito e livrado milhões de da miséria, as reformas estruturais, quando feitas (não é o caso do Brasil), não foram suficientes para criar um modelo alternativo ao neodesenvolvimentismo consumista.

0
0
0
s2sdefault

altHoje em dia existem modos mais modernos e igualmente eficazes, como reduzir drasticamente os recursos da Funai, sem inclusive prejudicar a sigla, que passaria a ser conhecida como Funerária Nacional dos Índios.

0
0
0
s2sdefault

altNão se devem esperar grandes avanços na doutrina católica por parte do Sínodo da Família, que se encerra no próximo domingo. O tema central, a família, é espinhoso para os 270 padres sinodais reunidos em Roma, pois engloba questões consideradas, há séculos, tabus.

0
0
0
s2sdefault

 

Nau sem rumo, o governo Dilma, refém de sucessivos escândalos de corrupção, se depara com a corrosão de sua “joia da coroa”: o social.

0
0
0
s2sdefault

 

altO papa Francisco retoma, com sua linha pastoral, o Pacto das Catacumbas. Quer uma Igreja misericordiosa, missionária, pobre, comprometida com “a revolução da ternura”.

0
0
0
s2sdefault

altMinha geração admirava pessoas solidárias, movidas por ideais humanitários, como Gandhi, Luther King, Che Guevara e Mandela. Quem são os ídolos dos jovens de hoje? A maioria se mobiliza pela ambição de riqueza, beleza, fama e poder.

0
0
0
s2sdefault

altA grande luta política e ideológica que a humanidade deve travar, hoje em dia, é convencer os setores que conseguem sobreviver com dignidade a se unir aos que não conseguem, para combater o 1% e seus US$ 241 trilhões.