0
0
0
s2sdefault

Se o projeto de governo não incluir os brasileiros mais sacrificados pela crise, temos a ingovernabilidade como resultante.

0
0
0
s2sdefault

A vitória do campo democrático, para se sustentar, precisa romper com os limites da economia política dos donos do poder.

0
0
0
s2sdefault

O sistema midiático brasileiro resolveu aplicar o silêncio obsequioso sobre um tema que o Papa vem tratando repetidamente.

0
0
0
s2sdefault

O que temos em gestação no presente, ou mais propriamente no período 2015-2018, é algo qualitativamente mais grave e perverso.

0
0
0
s2sdefault

Campeiam variados processos de barbárie social, bandos organizados, neoescravismo e um sem número de misérias humanas.

0
0
0
s2sdefault

A operação é de, sistematicamente, desviar finanças públicas para atender apetites variados de grupos organizados.

0
0
0
s2sdefault

Fora dos acordos sociais legítimos, não há salvação, mesmo para a classe A do Titanic.

0
0
0
s2sdefault

Por razões didáticas vou me restringir a três regras de repercussão geral, que continuam a caracterizar a proposta.

0
0
0
s2sdefault

A complexidade do tema desafia enfoques teórico-doutrinários restritivos.

0
0
0
s2sdefault

Eleições de 2018 lembram as de 1966, que terminaram adiadas “por tempo indeterminado” pelos militares.

0
0
0
s2sdefault

País se distrai com espetáculos midiáticos e governo acelera entregas de Petrobrás, Eletrobrás e BNDES ao sistema financeiro.

0
0
0
s2sdefault

Sem a politização da causa principal da regressão econômica – o sistema financeiro público – as perspectivas para 2018 encolhem.