0
0
0
s2sdefault

altPrimeira inverdade completa: o FUNPRESP viria para resolver o decantado déficit gigante dos servidores públicos. Isto é puro engodo e desinformação. Pelo menos para os próximos 30 anos os efeitos financeiros deste Projeto gerariam mais necessidade de financiamento público.

0
0
0
s2sdefault

Mudanças de inserção externa, de perfil do investimento em bens públicos e do conjunto da política social ocorrerão de forma não planejada. Deixadas ao acaso, essas mudanças correm o risco da regressão e do retrocesso.

0
0
0
s2sdefault

O capitalismo, sob a égide do capital financeiro, está ele próprio criando rupturas sistêmicas, insuperáveis pela lógica estrita do capital e do dinheiro ou ainda pela ética do utilitarismo social. Coragem para pensar o futuro, com compromisso de reconstruir o País sob nova cultura do desenvolvimento ou adaptar-se ao constrangimento permanente da dependência externa.

0
0
0
s2sdefault

É necessário questionar seriamente o padrão de crescimento econômico ora em curso, não pela ótica conservadora da estabilização monetária pura e simples, mas pela ótica das necessidades básicas dos trabalhadores e da população em seu conjunto, cujos empregos, direitos sociais e outras formas de participação no bolo econômico ficam seriamente comprometidas.

 

0
0
0
s2sdefault

Necessidades humanas básicas quando convertidas em mercadorias impõem à economia política exigências éticas completamente estranhas ao utilitarismo social, fundamento ético da economia capitalista desde Adam Smith.

0
0
0
s2sdefault

O primeiro ano do governo Dilma prenuncia os rumos do quadriênio, naquilo que o governo pretende intencionalmente fazer de novo, como também naquilo que continua do governo anterior.

0
0
0
s2sdefault

A despesa economizada entra na categoria da despesa financeira, portanto, não sujeita aos limites da “austera” Lei de Responsabilidade Fiscal. O leitor municiado de mais informações sobre economia monetária e financeira certamente lerá editoriais e outros “papers” de especialistas, com outras lentes, não se deixando ludibriar pelos arautos da pátria financeira.

0
0
0
s2sdefault

O déficit externo ressurge a partir de 2008 e continua crescendo, sob o impacto de duas pressões não resolvidas: a perda de competitividade das exportações de manufaturas e o avanço do déficit dos Serviços, atribuível à remuneração do capital estrangeiro na economia brasileira.

0
0
0
s2sdefault

O ajuste à crise financeira externa pelo aprofundamento da inserção primário-exportadora e maior internacionalização dos ativos do setor primário, incluindo o Pré-Sal, converter-se-ia em médio prazo em uma gigantesca dilapidação de recursos não renováveis.

0
0
0
s2sdefault

Na última Reunião do G-20, se perdeu oportunidade de analisar com maior profundidade uma sugestão singela, mas muito relevante: a criação de um tributo sobre transações financeiras globais.

0
0
0
s2sdefault

O Brasil precisa manter em atividade sua força de trabalho de 100 milhões de pessoas e os poucos mais de dois milhões de novos trabalhadores que afluirão à População Economicamente Ativa a cada ano nesta década; e ainda assegurar condições básicas de atendimento de necessidades humanas providas pela política social.

0
0
0
s2sdefault

desmatamento.jpgUma conseqüência indireta da articulação ruralista-parlamentar para afrouxamento na legislação ambiental florestal é um tácito relançamento da Questão Agrária ao debate público dos grandes meios de comunicação.