0
0
0
s2sdefault

Como seria bom se nos conscientizássemos mais sobre os “roubos legalizados” que permeiam o Brasil.

0
0
0
s2sdefault

Tuiuti apresentou a denúncia mais eficiente dos empedernidos vilões da sociedade, desde os senhores de engenho aos atuais poderosos.

0
0
0
s2sdefault

Na edição de 18/01/2018 de “O Globo”, pode-se ler na manchete principal: “país reduziu em 33% verba para prevenir epidemias”.

0
0
0
s2sdefault

Só uma população mentalmente sedada pode permitir uma nova rodada de liberalização econômica.

0
0
0
s2sdefault

Serão analisadas as atuações das petrolíferas estrangeiras e da Petrobras na exploração do Pré-Sal.

0
0
0
s2sdefault

Crônica para um país inviável e incapaz de se reconhecer.

0
0
0
s2sdefault

Vemos a recriação dos fatores que irão fazer muitos de nós solicitarem uma “morte barata”.

0
0
0
s2sdefault

Ceder Alcântara é também se colocar no palco de uma eventual guerra nuclear.

0
0
0
s2sdefault

Exército foi convocado por “ela”, a causa primeira de todos nossos males, para ser o exterminador da dignidade do pobre.

0
0
0
s2sdefault

Não existe agência reguladora que tenha o poder de ditar normas para poderosas proprietárias privadas de aproveitamentos hidráulicos.

0
0
0
s2sdefault

Tenho esperança de que não conseguirão assassinar, de novo, Getúlio, com acusações a seu legado pela mídia tendenciosa.

0
0
0
s2sdefault

Enquanto Brasil ignora seu acúmulo na área, estrangeiros seguem no lobby para entrar no setor.