0
0
0
s2sdefault

dinheirocortahomem.gifO Brasil está diante de um dilema estratégico devido aos problemas da economia mundial. "Pisa no freio? Ou pisa no acelerador?". Altamiro Borges.

0
0
0
s2sdefault

CanavialTerceira e última parte da entrevista sobre biocombustíveis concedida por Tamás Szmrecsányi a Valéria Nader. 

0
0
0
s2sdefault

EuaNão se justifica o excessivo otimismo de Henrique Meirelles, presidente do Banco Central brasileiro. Altamiro Borges

0
0
0
s2sdefault

dinheirocorpomulher.jpgO presidente Lula, tão apegado à visão conciliadora e pragmática, parece não estar disposto a comprar briga com a poderosa ditadura financeira. Altamiro Borges.

0
0
0
s2sdefault

justicahomem.gifO presidente Lula, eleito no final de 2002 com um programa de mudanças profundas – inclusive na área tributária –, preferiu não mexer neste vespeiro que afeta interesses tão poderosos. Altamiro Borges.

0
0
0
s2sdefault

dinheirosecando.jpgOs efeitos irão além da recessão em curso nos EUA. Virá a depressão, e já está difícil ocultar a natureza fraudulenta do sistema mundial de poder. Adriano Benayon.

0
0
0
s2sdefault

EconomiaO reforço da retórica “desenvolvimentista” não se limitou ao ministro da Fazenda. Outros engrossaram o coro que defende um Estado mais intervencionista. Jurandyr O. Negrão.

0
0
0
s2sdefault
CPMFA profundidade real das perdas que serão causadas pelo fim da CPMF ainda é desconhecida. Mateus Alves.
0
0
0
s2sdefault

dinheirocorpomulher.jpgO sistema tributário brasileiro é dos mais injustos do planeta. “O assustador é que 70% dos impostos incidem sobre o consumo e apenas 30% sobre o patrimônio”. Altamiro Borges.

0
0
0
s2sdefault
caraacara.jpgPara ministro das Comunicações, fusão entre Brasil Telecom e Oi é necessária para acabar com monopólios estrangeiros no setor. Mateus Alves.
0
0
0
s2sdefault

dinheirohomensapoiados.jpgPor que o PIB perturba tanto as agendas que buscam ampliar o direito à saúde, educação, meio-ambiente, direitos humanos, justiça social e paz? Hazel Henderson.

 

0
0
0
s2sdefault

BrasilQuerem fazer do Madeira uma plataforma de extração e exportação de energia, um território remodelado e suspenso no ar. Luis Novoa.