0
0
0
s2sdefault

As jornadas de junho colocaram na agenda nacional a urgência de eliminar o monopólio que um punhado de famílias exerce sobre os meios de comunicação no Brasil. A manipulação descarada da opinião pública explicita a contradição insuperável entre a comunicação como o negócio a serviço do poder e liberdade de imprensa como instrumento democrático.

 

0
0
0
s2sdefault

Os problemas do povo não serão resolvidos com factóides, protelações, evasivas, promessas vãs, espertezas e transferência de responsabilidades. O povo exige soluções concretas. Para tanto, o importante é quebrar a rotina e sair do círculo vicioso que deixa os problemas da população sempre em último lugar.

0
0
0
s2sdefault

Com o impacto da morte do ditador, na prisão, o governo Rousseff, através de José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, tranquilizou os criminosos de Estado brasileiros e as instituições que os apoiam, assegurando que não promoverá qualquer iniciativa para cassar a auto-anistia por eles promovida e referendada pelo STF, em 2010.

0
0
0
s2sdefault

No último dia 24, milhares de trabalhadores do setor público e privado, estudantes e entidades do movimento sindical e popular realizaram uma marcha em Brasília em defesa dos direitos da classe trabalhadora e pela anulação da reforma da Previdência.

0
0
0
s2sdefault

O establishment político parece não acreditar que o povo tenha vencido a letargia e esteja de fato disposto a mudar o Brasil. Interpreta as manifestações como uma catarse generalizada que em breve se esgotará por si mesma. Passa ao conjunto da população indignada a lição de que a próxima “bronca” terá de vir com força redobrada. Tempos turbulentos se vislumbram no horizonte!

 

0
0
0
s2sdefault

Palavras de ordem como ‘Da copa abrimos mão, queremos saúde e educação’, ‘Era um país muito engraçado, não tinha escola, só tinha estádio`, dentre tantas outras, surgem como um dos elementos simbólicos que apontam para uma visão ampla da conjuntura e para o enriquecimento da pauta política. O que indica um profundo golpe nos projetos dominantes de poder de governos e partidos, aí incluídos  indistintamente PSDB e PT.

 

0
0
0
s2sdefault

Aceitando a alegação de cerceamento de defesa, o STF anulou a decisão do Júri que condenou o mandante do assassinato da freira norte-americana Dorothy Stang, julgamento este realizado em 2.005. O advogado do réu alegou cerceamento de defesa, porque teve “apenas” doze dias para examinar os autos.

 

0
0
0
s2sdefault

Após o julgamento dos policiais responsáveis pelos 111 assassinatos no Carandiru, a advogada de um dos réus declarou que a sentença era injusta e que sociedade brasileira não aceitava aquele resultado. De fato, a sociedade não aceita o resultado do julgamento, mas não pelo motivo alegado, e sim porque ele se deu vinte anos após a prática da chacina.

0
0
0
s2sdefault

As lideranças das organizações que lideram as mobilizações precisam abrir imediatamente o debate sobre a temática mais geral dos protestos, a fim de não perder o rumo e a força em uma variedade muito grande de exigências que atendem a interesses legítimos, porém, de grupos menores e isolados.

0
0
0
s2sdefault

A guinada na política econômica, caracterizada pela nova onda privatista e pela recomposição do rentismo, é apenas o primeiro ato de uma nova ofensiva do capital sobre a economia brasileira.

 

0
0
0
s2sdefault

Os deputados contrários à proposta não são poucos, mas não há segurança de que sejam suficientes.A intervenção do Promotor de Justiça no inquérito policial destinado à apuração de crime constitui determinação constitucional. Isto é essencial para que os crimes sejam julgados pelo Poder Judiciário.

0
0
0
s2sdefault

Parte desse resultado desanimador deve-se ao desempenho medíocre de Maduro na campanha eleitoral. De qualquer forma, Nicolas Maduro está eleito. Agora, seu problema é enfrentar a crise econômica decorrente da drástica redução dos preços do petróleo.