0
0
0
s2sdefault

semterraseca.jpgNão queremos apenas fazer cisternas, mas mudar o modo de se viver no nordeste brasileiro. Roberto Malvezzi

0
0
0
s2sdefault
Aquecimento globalA recuperação do planeta ou o que nos resta dele implica a denúncia da impunidade do dinheiro e a liberdade humana. Por Eduardo Galeano.
0
0
0
s2sdefault
riomadeira.jpgCom a arrogância de quem tem o poder e não precisa dar satisfação a ninguém, o Ministro da Integração Nacional (lembrem-se de que este era o título do rio) inaugurou as obras de transposição do São Francisco. Marcelo Barros.
0
0
0
s2sdefault
BrasilA crise global exige juízo das autoridades. Porém, com usinas atômicas, lei de florestas, transposições, agrocombustíveis etc., não há por que esperar juízo de quem nos governa. Por Roberto Malvezzi.
0
0
0
s2sdefault
floresta.jpgA liberação da barragem do Tijuco Alto acabaria com o patrimônio histórico, social e ambiental do Vale do Ribeira. Raul Marcelo.

 

0
0
0
s2sdefault

terraesquentando.jpgO grande desafio atual é conferir centralidade ao que é mais ancestral em nós, o afeto e a sensibilidade. Numa palavra, importa resgatar o coração.

0
0
0
s2sdefault
CanavialHoje a cana tomou conta de São Paulo, avança sobre o Cerrado, o Pantanal e, de forma perversa e irrigada, sobre as melhores manchas de solo da Caatinga. Artigo de Roberto Malvezzi.
0
0
0
s2sdefault
Planeta TerraA Mãe Terra nos quer transmitir uma mensagem: "apesar de todas as agressões que sofro, ainda assim tenho energia vital escondida. Apenas dêem-me, por piedade filial, um pouco de tempo para descansar”. Artigo de Leonardo Boff.
0
0
0
s2sdefault
CapitalismoMuitos temem que, fiel à sua natureza, o capitalismo se faça suicida. Prefere morrer e fazer morrer a perder. Leonardo Boff.
0
0
0
s2sdefault

maopasseata.jpgAs comunidades cristãs vivas vão, sim, fazer sua parte para tentar evitar o armagedom no momento assombroso que se avizinha. Roberto Malvezzi.

0
0
0
s2sdefault
Rio MadeiraO Correio da Cidadania publica entrevista com Luis Fernando Novoa Garzon, sociólogo, professor da Universidade Federal de Rondônia e membro da Rede Brasil sobre Instituições Financeiras Multilaterais, que debate, entre outras, a questão da construção das usinas hidrelétricas no rio Madeira.
0
0
0
s2sdefault
cerebroplug.jpgSe James Lovelock estiver certo, a geração presente, principalmente quem a comanda, não passa de um bando de loucos irresponsáveis, cegos guiando cegos para as bordas do precipício. O que estaria vindo por aí seria uma hecatombe jamais conhecida pela humanidade. Por Roberto Malvezzi.