0
0
0
s2sdefault

As dez mortes de Pau D’Arco têm nítido sentido de parcialidade que torna difícil – ou impossível – absorver as explicações do governo.

0
0
0
s2sdefault

As lutas dos trabalhadores e da esquerda precisam escapar das manobras da burguesia e dos caminhos ardilosos da conciliação.

0
0
0
s2sdefault

Não há clareza na ação de parlamentares, membros do judiciário e as instituições.

0
0
0
s2sdefault

Temer cumpriu um ano de trabalho, não atingiu as metas estabelecidas e agora é descartado. “Fora Temer agora, greve geral, anulação de todos os atos deste governo e eleições gerais, também para já”.

0
0
0
s2sdefault

Como deixar politicamente vivo aquele que foi ex-presidente do Conselho da JBS-Friboi?

0
0
0
s2sdefault

A experiência ensina que jogadas arriscadas fazem parte do cardápio da burguesia, especialmente numa república rentista.

0
0
0
s2sdefault

Podem cair os reis de espadas, de ouro, de copas, não importa. Os gerentes do capital seguirão fazendo seu trabalho.

0
0
0
s2sdefault

Gravação mostra funcionário da Seara referindo-se a Loures como braço direito de Temer; Serraglio protegia empresário.

0
0
0
s2sdefault

O Brasil vive justamente um desses raros momentos especiais.

0
0
0
s2sdefault

Para o economista José Antônio Martins, o estouro das delações dos executivos da JBS Friboi que jogaram de vez o governo Temer na fogueira não é ponto sem nó.

0
0
0
s2sdefault

É bom não menosprezar o dispositivo econômico formado por BC e Fazenda, cujos titulares são poupados das manchetes.

0
0
0
s2sdefault

Há substitutos aos montes para desempenharem o mesmo papel.