0
0
0
s2sdefault

altPesquisa realizada pelo Núcleo de Estudos Sobre Criminalidade e Violência da Universidade Federal de Goiás aponta que 61 moradores de rua foram mortos nos últimos três anos em Goiânia.

0
0
0
s2sdefault

altAmanhã podem rasgar o nosso título eleitoral, revogarem os direitos sociais e depredarem o patrimônio nacional. Por fim, chamam a polícia para garantir a ordem. Só muito tempo depois, a gente recupera a democracia.

0
0
0
s2sdefault

altNos “Panama Papers” constam 1,7 mil registros com endereço no Brasil. Entre esses, me chamou a atenção o nome de Jacob Barata, conhecido como o “Rei do ônibus” no Rio de Janeiro.

0
0
0
s2sdefault

altEsse sistema é o “estado de mal-estar social” ou a causa última de todos os males sociais e ambientais. Em linguagem teológico-moral, é hoje a concretização histórica do pecado social e ambiental ou pecado estrutural. Não podemos esquecer essa realidade.

0
0
0
s2sdefault

altAs consultorias privadas (nacionais e estrangeiras) têm sido formuladoras indispensáveis de políticas para as secretarias estaduais de educação, garantindo tanto a privatização disfarçada do ensino público, quanto, claro, os seus próprios lucros.

 

0
0
0
s2sdefault

 

altLamento profundamente que muitos deputados federais (que se dizem, mas não são) cristãos católicos ou cristãos evangélicos sejam piores do que os outros.

0
0
0
s2sdefault

altÉ interessante observar que uma pequena transferência de renda dos segmentos mais ricos para os mais pobres poderia colocar o Brasil em um patamar bem diferente do atual.

0
0
0
s2sdefault

altAs manifestações dos dias 18 e 31 de março deram um claro e duro recado à oposição antidemocrática de que não haverá golpe parlamentar sem resistência popular.

0
0
0
s2sdefault

altDesembargador Carlos Alberto, além dos seis militares são as próprias Operações Inquietação e Triunfo que devem ser julgadas e condenadas. O estado de Goiás, responsável das operações, não vai fazer isso. Daí a necessidade da federalização.

0
0
0
s2sdefault

altA lista engloba apenas os Projetos de lei já apresentados e em tramitação – apenas uma pequena parte, portanto, dos ataques que podem vir sob a forma de novos e mais ambiciosos projetos que visam a implementação até o fim de uma ampla agenda de contrarreformas.

0
0
0
s2sdefault

altVivemos um momento que estes segmentos intolerantes, que sempre existiram, mas estavam “de pijama” desde o fim da ditadura civil-militar de 1964, se sentem à vontade para atuar por fora da lei, com apoio de muitos parlamentares e governantes.

 

0
0
0
s2sdefault

altA unidade de ação tem de enfrentar o núcleo duro do embate político atual: impedir as contrarreformas necessárias para viabilizar o ajuste fiscal de proporções gregas.