Plinio: “VIVA O BRASIL"

0
0
0
s2sdefault

 

 

Plinio encerrou sua agenda de debates durante a campanha à presidência do Brasil em 2010 com esperança na juventude brasileira.

 

Após os agradecimentos, Plínio disse que aquele momento seria somente o fim de uma batalha, pois a guerra continuaria. “A guerra é este muro que separa o povo de suas aspirações; que separa o povo de seus direitos”.

 

Mencionou ainda que a maior alegria que teve durante sua campanha foi o apoio da juventude, pois sabia que a juventude havia captado a sua mensagem, porque a juventude pensa no futuro. Plínio recomendou ainda aos jovens pensar grande.  “O impossível se torna possível se a gente quiser e não tiver medo de enfrentar a realidade”.

 

De braços abertos para o alto, com uma mensagem emocionante, deixou a plateia de pé, aplaudindo e gritando seu nome.

 

 

"Jovens, pensem grande.

Não pensem pequeno.

Não acreditem no impossível.

O impossível torna-se possível, se você quiser.

Ele vira possível.

É preciso é coragem!

É preciso é tenacidade.

É preciso é força!

E é preciso não esconder a realidade.

Não ter medo dela.

É preciso falar as coisas como elas são.

Elas foram ditas aqui dessa maneira.

Assustou muita gente.

Não vocês.

Não os jovens.

Olha, 60 anos de vida pública:

Exílio, perda de cargo, perda de mandato,

...mas compensou,

se a juventude levar adiante o meu projeto.

VIVA O BRASIL!".

Plinio, outubro de 2010

 

 

"Um político só pensa na próxima eleição,

enquanto um estadista pensa na próxima geração".

(Sir Winston Churchill)

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados