Correio da Cidadania

Troca na presidência da Petrobrás: "O Brasil precisa sair deste novo ciclo colonial"

0
0
0
s2sdefault
Gabriel Brito, da Redação
0
0
0
s2sdefault

Causa alvoroço no mercado e suas redações jornalísticas a troca de comando na presidência da Petrobrás, mas no frigir dos ovos nada muda. É assim que Felipe Coutinho, engenheiro da estatal com experiência em processamento e na pesquisa de biocombustíveis, analisa a troca no comando da empresa, em entrevista ao Correio da Cidadania. Em sua visão, Prates não alterou o rumo de “exportação de petróleo cru e importação de produtos de maior valor agregado”, e nada indica que sua sucessora, Magda Chambriard, irá neste sentido.

Nesta Edição

Catástrofe climática e o Jornalismo de Ocorrência em Santa Catarina

0
0
0
s2sdefault
Miriam Santini Abreu
0
0
0
s2sdefault

Análise da atuação da mídia de SC na formação da perceção social sobre a catástrofe.

Semiárido saiu na frente nas Mudanças Climáticas

0
0
0
s2sdefault
Roberto Malvezzi (Gogó)
0
0
0
s2sdefault

Longe de chegar a um patamar de vida digno para todos, porém, já temos um caminho e muitas políticas públicas já seguem seu traçado.

Brasil no pódio da taxa de juros

0
0
0
s2sdefault
Paulo Kliass
0
0
0
s2sdefault

Necessitamos de uma mudança significativa nos patamares da Selic e não essas variações cosméticas.

“Silêncio diante de 35 mil mortos em Gaza deveria envergonhar a humanidade”

0
0
0
s2sdefault
Felipe Bianchi, de Johanesburgo, África do Sul
0
0
0
s2sdefault

A chanceler sul-africana Naledi Pandor defendeu ação de seu país contra Israel na Corte Internacional de Justiça.

VÍDEO: Petrobrás, dança das cadeiras e dividendos no colapso climático

0
0
0
s2sdefault
Ambiente e Cidadania
0
0
0
s2sdefault

Neste vídeo, colaboradores do Correio analisam como na presidência da maior empresa do país tem pouco a dizer à sociedade.

Sebastião Melo segue a ignorar especialistas

0
0
0
s2sdefault
Jeferson Miola
0
0
0
s2sdefault

Em reunião, prefeito despreza recomendações para findar inundação de Porto Alegre em 48 horas.

O que a tragédia do Rio Grande do Sul nos ensina?

0
0
0
s2sdefault
Elaine Santos
0
0
0
s2sdefault

Defesa Civil do RS usou mapas do Google para informar público. Dois conceitos urgem ser estimulados: geocomunicar e geoalfabetizar.

São pássaros e não voam

0
0
0
s2sdefault
Frei Betto
0
0
0
s2sdefault

Não percebemos que estamos à beira do abismo. Não há uma ponte chamada utopia que nos conduza à terra firme.

Calma! É só o colapso da civilização

0
0
0
s2sdefault
Ambiente e Cidadania
0
0
0
s2sdefault

Nesses dois vídeos, Rodolfo Salm analisa posicionamentos políticos frente ao colapso climático e o perigo do pensamento desmobilizador.

Eventos climáticos extremos chegaram para ficar, não só no Rio Grande do Sul

0
0
0
s2sdefault
Tomás Togni Tarquinio
0
0
0
s2sdefault

Não há transição ecológica sem alterar totalmente um modo de vida que beneficia 30% da humanidade.

“Temos de exigir políticas públicas condizentes com o tamanho da encrenca"

0
0
0
s2sdefault
IHU Online
0
0
0
s2sdefault

Entrevista com Luciana Ferrara, professora de Planejamento e Gestão do Território da Universidade Federal do ABC.

A seis meses da eleição, Trump parece atropelar

0
0
0
s2sdefault
Luiz Eça
0
0
0
s2sdefault

No plano interno, mesmice econômica não comove ninguém. No externo, derrotas políticas e morais derrubam atual presidente.

A tragédia no Sul e a mobilização popular pela sobrevivência

0
0
0
s2sdefault
Renato Cinco
0
0
0
s2sdefault

Mantidas as tendências, seguiremos em direção ao colapso ambiental até o limite da economia de mercado e dos Estados nacionais.

“Pacote da Destruição” avança mesmo depois da tragédia no Sul

0
0
0
s2sdefault
Leanderson Lima
0
0
0
s2sdefault

Oito de 25 PLs contrários à proteção ambiental tramitaram nos dias de tragédia climática no RS.

O papel do Estado na gestão da dívida pública do RS

0
0
0
s2sdefault
Rosa Angela Chieza e Cristiano Castro Forlin
0
0
0
s2sdefault

Em 26 anos, estado já pagou cinco vezes o valor original da dívida e ainda deve 11 vezes do valor refinanciado.

Acampamento Terra Livre x Acumulação Primitiva do capitalismo

0
0
0
s2sdefault
Givanildo Manoel
0
0
0
s2sdefault

O futuro não é ancestral por uma ingenuidade, mas porque a humanidade precisa urgentemente repactuar a sua relação com a natureza.

Política

Brasil nas Ruas

Social

Economia

Internacional

Meio Ambiente

Cultura e Esporte