Será que os brasileiros continuarão assistindo passivamente o modelo de economia voltado para a exportação de produtos primários, enquanto milhões clamam por um pedaço de terra, onde possam plantar os alimentos necessários ao nosso povo faminto? Fora a deterioração dos três poderes e a impunidade, porque o poder judiciário é conivente enquanto a polícia é recheada de esquadrões da morte. 

Dilma vê seu governo envolto num enorme vendaval de denúncias de corrupção com a coisa pública. Por incrível coincidência (?), todos os acusados de falcatruas em suas esferas de poder foram bancados por Lula

alvo.jpgO real objetivo dessa reforma da Constituição é garantir crescimento de lucros para as empresas e superávit primário e internacional. E isto aparece muito claramente quando o governo Dilma propõe "desonerar a folha de pagamento das empresas". 

ilus_monstro_cabecas_kipper.jpgDiante do trabalho que se aproxima do escravo, da super-exploração da Camargo Correa, os dirigentes da central que nasceu das lutas operárias dos anos 70 e 80 se reúnem em hotel preocupados em defender espaços no governo e o controle dos trabalhadores na referida obra.

Há décadas que no Brasil vingam apenas os políticos medíocres, aqueles que usam suas cabeças e tempo para planejar como enganar o povo, se vender aos poderosos e a eles se subordinarem.

 Com o que não contavam os compradores, em grande parte, era com as armadilhas colocadas na política anti-crise de 2008. O crediário é “bomba de efeito retardado”.

direitos_humanos2.jpgExemplos recentes nos levam a interrogar se, de fato, Dilma estará interessada em atender prioritariamente às populações mais carentes, conforme promessas de campanha e discurso de posse.

dinheirocorpomulher.jpgÉ urgente que o povo tome consciência do engodo a que o sistema nos submete constantemente. É urgente que os movimentos sociais não se deixem cooptar e busquem a verdadeira unidade nas lutas populares.

São ao menos duas as mentiras da FIESP: 1) rendimento não é encargo; 2) a proporção entre os encargos reais se torna muito maior nos demais países industrializados, porque os salários de lá são bem mais elevados. O que está por trás dessa falácia? Forçar o frágil governo Dilma a entrar na onda empresarial para que sejam reduzidos tais encargos?

Não restam mais dúvidas sobre o “erro” político e a inoportunidade da Copa e Olimpíadas. Mas o abacaxi deixado por Lula ficou nas mãos de Dilma, que, depois de muita pressão, emitiu MP, aprovada na Câmara, que garante SIGILO sobre os contratos das obras da Copa.

primeiro_maio.jpgHoje, estamos assistindo à mais vergonhosa capitulação das centrais sindicais tradicionais aos interesses do capital nacional e internacional. Sobretudo a CUT e a Força Sindical - verdadeiras inimigas entre si nos anos 90 -, tornaram-se cúmplices da entrega dos nossos direitos ao capital.

dinheirosecando.jpgOs acontecimentos políticos do início deste ano de 2011 não poderiam ser mais reveladores do que vem ocorrendo no Brasil durante todos esses anos de vida republicana: um país marcado pela corrupção e podridão das suas instituições e descompromisso dos governantes com a vida do povo.