Correio da Cidadania

0
0
0
s2sdefault

china_agricola.jpgA única forma de a China manter sua agricultura como "fundamento da nação" é elevar sua produção de grãos, carnes, leite e óleos, de modo a atender ao crescente poder de compra de sua população.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_china.jpgNum país em que a terra agricultável não chega a 12% da superfície total, e em que mais de 60% da população ativa ainda é de camponeses, a continuidade desses desequilíbrios tende a criar um ambiente perigoso.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_china.jpgA diferença entre o socialismo chinês e o capitalismo em geral é que, na China, o Estado tem papel explícito de instrumento de correção dos desequilíbrios e desigualdades decorrentes do mercado.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_china.jpgA maior questão agora para a China é comprovar se ela pode substituir a produção de exportações e de energia intensiva pela produção voltada para o consumo doméstico e para a economia de energia.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

chinesinho.jpgO que o governo chinês está realizando é um poderoso ajuste nas áreas rurais, na compreensão de que o campesinato e a agricultura são "o fundamento da nação".

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_china.jpgAtrair investimentos chineses e elevar as exportações para a China são dois itens importantes que o Brasil e os demais países emergentes precisam considerar seriamente.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_china.jpgSe avaliarmos que a China colocou no patamar de classe média cerca de 850 milhões de pessoas, será necessário medir suas desigualdades com outros parâmetros.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

justicagrita.jpgA propaganda anti-China subverteu a história e só apresenta a questão Tibet como um assunto de independência, pretensamente perdida em 1950.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_china.jpgUm novo e forte ajuste, ou mesmo uma reforma agrária para garantir a segurança alimentar da China, tornou-se um dos principais itens da agenda do governo.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_china.jpgNa história de quase 30 anos do programa de reformas e abertura da China, a correção e superação de um conjunto de problemas atuais talvez seja o teste mais crucial pelo qual o Estado chinês deverá passar.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_china.jpgA China, e diversos países emergentes, estão reagindo à atual crise de forma muito diferente do passado, quando um espirro as levava à desordem econômica e financeira.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

maopasseata.jpgEmbora a situação deva ser vista no bojo dos desequilíbrios macroeconômicos, as previsões do desempenho da China, em 2008 e próximos anos, permanecem positivas.

0
0
0
s2sdefault