Correio da Cidadania

Demolição

Resultado de imagem para paulo guedes e bolsonaro
A proposta de "reforma" (está mais pra demolição) da previdência feita pelo governo Bolsonaro chega a ter requintes de crueldade.

Aumentar o tempo mínimo de contribuição de 15 para 20 anos (1) para se aposentar por idade será uma fábrica de produzir idosos miseráveis.

Pensem bem. Existem hoje no Brasil 105,2 milhões de trabalhadores(as); 12,2 milhões desses estão sem emprego. Existem mais 4,7 milhões de pessoas que simplesmente desistiram de procurar emprego. Mais 11,5 milhões de trabalhadores sem carteira assinada. Existem 23,8 milhões de pessoas trabalhando por conta própria (2), muito provavelmente sem contribuir regularmente com a Previdência. Historicamente, o nível de informalidade sempre foi alto, a rotatividade de empregos sempre foi alta.

Arrumar um emprego formal em idade mais avançada é mais difícil segundo uma tonelada de evidências empíricas. Quinze anos de contribuição já é um enorme sacrifício para a maioria dos(as) trabalhadores(as)!

Segundo cálculo do DIEESE, aumentar o tempo mínimo de contribuição de 15 anos para 20 anos poderia gerar exclusão de até 65% dos acessos à aposentadoria por idade (3).

Para essas pessoas que serão excluídas da aposentadoria, a "reforma" prevê benefícios abaixo do salário mínimo. Já é difícil viver com um salário mínimo. Mas Bolsonaro quer que alguns idosos vivam com R$ 400. É inacreditável. É inaceitável.

E tudo isso pra quê?

O ministro da economia de Bolsonaro, o banqueiro Paulo Guedes, quer "economizar" R$ 1 trilhão! R$ 1,165 trilhão em 10 anos, para ser mais exato⁴.

E pra quê mesmo? Para dar esse dinheiro de mão beijada aos milionários sob a forma dos juros da dívida pública e poder baixar os impostos pagos pelos empresários. Além de gerar mercado para os planos de previdência complementar. Canalhas.

Referências:

1 https://goo.gl/rHevGV
2 PNAD, out. dez. de 2018: https://goo.gl/Vkm9A6 
3 DIEESE, A reforma da previdência e a desproteção dos idosos, nota técnica 174: https://goo.gl/YB1p5B  (pg. 06)
4 https://goo.gl/v3xSV4


Política Econômica da Maioria.