Em 2018 a Eletrobrás lucrou R$ 13,3 bi, mas seu presidente argumenta que privatização serve para combater o corona. Ele não teme o ridículo.

Daqui pra frente os capitalistas de todo o mundo sentirão mais intensamente o gosto amargo da lei do valor.

A única dúvida é se o desastre à frente assumirá a forma de uma estagnação prolongada ou a forma pura e simples de um colapso.

Salim Mattar, secretário de privatizações do governo, falsifica dados e números pra justificar entrega da lucrativa estatal.

O que levou séculos para se deslocar para o oeste, desde as Grandes Navegações, agora faz o caminho de volta em questão de décadas.

A população brasileira está prisioneira de um governo fundamentalista que obedece aos interesses da plutocracia.

É isso que explica José Eustáquio Diniz Alves, sociólogo, mestre em economia e doutor em demografia, entrevistado pelo Correio.

Sem vastas medidas de contenção, como as que a China adotou, pode haver 37 milhões de casos – e 1,2 milhão de mortes – até fim do ano.