Correio da Cidadania

Despolitização

 

O grau de despolitização do nosso povo pode ser aferido pelas reclamações que fazem em relação às prerrogativas e ajudas que os parlamentares recebem para o exercício do cargo: automóvel oficial, passagens aéreas, isenção de tarifa postal; auxílio-moradia.

 

É bem verdade que há certa justificativa para a reclamação, pois alguns parlamentares usam essas ajudas em beneficio próprio e não como um meio para exercer bem o seu mandato.

 

Toda crítica é correta e bem vinda, quando satisfaz duas condições: não generalizar para não fazer injustiça com os parlamentares que as usam corretamente (um grande número); e que o autor participe ativamente do processo político, de modo a obter a informação necessária sobre cada um desses benefícios e prerrogativas.

 

Por exemplo: a necessidade de autorização da casa à qual o parlamentar pertence para que se possa processá-lo. Essa prerrogativa existe para evitar que processos forjados impeçam um parlamentar correto de disputar sua reeleição. Trata-se, portanto, de uma medida destinada a defender o interesse da população.

 

O mesmo se diga a respeito da frequência do parlamentar. Há gente que reclama de ver um deles fora de Brasília no meio da semana. Esquecem-se de que o trabalho parlamentar não se realiza apenas no Plenário ou nas Comissões, mas em qualquer lugar em que o interesse público exija a presença de uma pessoa com sua autoridade.

 

Por isso mesmo, não se deve estranhar pelo fato de encontrá-lo em um avião com destino a um estado diferente do seu domicilio.

 

Confusão se faz também em relação à produção do parlamentar. Questiona-se aquele que não apresenta muitos projetos de lei. Ora, a produção de um parlamentar não se mede, como a produção de um sapateiro, pelo número de projetos de lei que ele apresenta, porque a atuação do parlamentar vai além disso, nas negociações políticas indispensáveis à vida do país.

 

O deputado Ulysses Guimarães não era conhecido pelo elevado número de projetos de lei que apresentava. Alguém poderá negar que ele tenha sido um dos maiores parlamentares que o Brasil já teve?

 

A crítica só é boa quando devidamente informada.

Comentários   

0 #8 Sobre a despolitizaçãoAngelo Lima 01-09-2011 08:42
É bem interessante este artigo do Correio, pois se de um ponto de vista ele se mostra adequado, de outro ele não fala que os Partidos Políticos e de que a maioria dos seus parlamentares são responsáveis por esta despolitização. No fundo não querem politizar, pois isto serve para a grande maioria deles. Agora mesmo, será que podemos dizer que é despolitização falar da não cassação da Deputada do DF?? Mas não é de propósito que a Câmara de Deputados não cassa a Deputada?? É uma vergonha para todos a grande maioria de nós que lutamos por um país justo e que deputados ainda votam escondidos como se lá fosse uma Câmara Secreta e fosse sair de lá algo que nunca imaginamos.
Eles falam de democracia mas tem medo de mostrar a verdadeira face quando vão votar algo absurdo como esta votação, se dizem que não podemo ouvir sempre a população, tenham coragem de se mostrar abertamente, mas na realidade, a maioria não tem coragem e quer mesmo é votar escondido de todos, são parlamentares de duas ou até mais caras.
Quando é que vamos acabar com esta farsa?
Citar
0 #7 RE: DespolitizaçãoKairo 26-08-2011 19:45
Se em outros países os parlamentares moram em apartamentos coletivos, não possuem nem metade dos auxílios que nossos políticos tem e ainda assim exercem seu cargo, porque aqui precisa ser diferente? porque os parlamentares podem aumentar de acordo com sua vontade seus salários? esquecemos que eles são nossos empregados e não o contrário.

Na Líbia, no Egito...a união do povo derrubou ditaduras de décadas...nós aqui, mal conseguimos nos organizar para combater essas mamatas parlamentares.
Citar
0 #6 RespostaAna Valle 24-08-2011 23:54
http://www.reformapolitica.org.br/
Citar
0 #5 Qual parlamentar?Diego 23-08-2011 08:55
Riberto,

Reparou que este texto é talvez o único que não foi assinado? Despolitizado o povo 'somos', com perdão da silepse, sem a qual não posso escrever a frase corretamente. Esse história de 'nosso povo'... nosso: pronome possessivo...

Parlamentares usando fortunas, os mais caros do mundo, se não o 1º, um dos primeiros, ainda querendo justificar? Nem vale a pena perder tempo. Democracia é participativa. Representatividade é só uma forma de escolher quem vai fazer parte da corte, já que o corpo parlamentar não nos representa. Nós, povo, queremos democracia de verdade. Aos poucos vamos tomando a rua.

Será que o super político defendendo a política do 'farinha pouca meu pirão primeiro' teme que aconteça como no chile agora com a educação, como no Egito, Grécia, Líbia, Espanha...
Citar
0 #4 Despolitização.Hélio Jost 22-08-2011 21:50
O editorialista sobre a licença para processar parlamentar afirma: "Essa prerrogativa existe para evitar que processos forjados impeçam um parlamentar correto de disputar sua reeleição." Diz que não se pode generalizar. Ora depender do Congresso para não processar NINGUÉM é uma forma de generalizar, às avessas.
Citar
0 #3 RE: Despolitizaçãodaniel 22-08-2011 18:53
Concordo com o comentario acima.
Esses parlamentares,tem vantagens demais,inclusive de aumentar seus proprios salarios.
Ter aposentos gordos,bancado com dinheiro do contribuinte e ainda ser impunes de maracutaias institucionalisadas pelo PADROEIRO das maracutaias,o ex presidente Inacio silva.
DANIEL
Citar
0 #2 RE: DespolitizaçãoRiberto 22-08-2011 18:06
Bem, é verdade que o grau de despolitização é elevado entre os brasileiros. Idem à questão de calúnias propaladas mercê de insuficentes informaçõas. Não se deveria ser tentado a fazê-lo jamais. Entretanto o editorialista se restringiu a três únicos exemplos de possíveis privilégios dos parlamentares aos olhos da patuléia.
Teria sido tal texto elaborado por um parlamentar ?
Há inúmeras outras questões que são, de fato, escandalosos privilégios - e não somente aos olhos despolitizados da nação.
Necessário informar aos leitores qual é a necessidade de utilização de apartamentos funcionais tão bem equipados, bancados com dinheiro público, se os vencimentos dos nobres deputados e senadores é mais que o suficiente para o aluguel de um bom imóvel. Se ao mesmo sapateiro, mencionado como alguém cuja produtividade se mede meramente em números, fosse dado utilizar-se de imóvel público para abrigar a si e sua família, todos os brasileiros acreditaríamos justa tal medida. E o quê dizer das ditas "correções" anuais em vencimentos dos mesmos parlamentares ( ou subsídios, como queira o articulista ), ditados e deferidos por eles próprios enquanto questões similares envolvendo via de regra o próprio funcionalismo público amarga anos pela misericordiosa atenção dos nossos políticos. - "Ah, mas esse dinheiro aproveita a um número muito menor de pessoas, todas merecedoras do mais profundo respeito etc, etc...". Bem, todos aqueles que trabalham merecem respeito, independente de qual atividade desenvolvam - desde que o façam honestamente. Isenção de gasolina parece também despropositado aos barsileiros comuns, assim como a enorme quantidade de passagens aéreas que todos nós bancamos. Algumas talvez sejam de fato necessárias - mas não todas, certo ? Nem é preciso comentar acerca de cartões corporativos,mensalidades escolares com descontos ou mesmo isenção, facilidades bancárias exclusivas e centenas de outros mimos que não agradam a gente séria. Nem poderiam. Se necessário apontar bons exemplos, caro articulista, que sejam buscados naqueles que têm de fazer tudo isso, os 365 dias do ano,a partir apenas de seus miseráveis 1 ou 2 salários mínimos situação que aquelas excelências, escoradas por diretrizes calhordamente políticas, não se avexam em manter na lona, em estado de eterna e invencível humilhação ...
Citar
0 #1 RE: DespolitizaçãoJoão Batista 22-08-2011 17:26
Um parlamentar fora de Brasilia trabalhando em beneficio da Sociedade é uma coisa, não faz muito tempo encontrei o Tiririca numa segunda feira filmando junto com a turma da record em uma praça em SP, essa atitude eu critico.
Citar