Com maioria absoluta tanto entre deputados como senadores, Evo se diz seguro de um novo mandato.

"Com os acordos secretos, o presidente Abdo retoma práticas da ditadura de Stroessner para favorecer interesses privados".