Correio da Cidadania

ColômbiaHá na Colômbia um regime insensível perante a dor humana e frente ao imperativo de uma saída não-militar ao conflito existente. Jaime Caicedo.

MundoA Hitler não lhe faltaram amigos. A Coca-Cola inventou a Fanta, em plena guerra, para o mercado alemão. Eduardo Galeano.

EvoEvo Morales foi a coisa mais extraordinária que aconteceu em cinco séculos de existência da Bolívia. Max Altman

Hugo ChávezPara comentar a derrota de Chávez no plebiscito sobre as reformas constitucionais o Correio conversa com Gilberto Maringoni.

 

QuêniaDiante de eleições aparentemente fraudadas, mais de mil quenianos já foram mortos. Roberto Malvezzi.

2008Não há caminhos pré-fabricados, mas há que aprender dos processos em curso. A glória não é de indivíduos ou de setores de opinião, é dos povos. Pietro Lora Alarcón

ColômbiaNão há outra saída senão a de admitir que na Colômbia existe um conflito social e político armado. Pietro Alarcón.
Evo MoralesA direita e as prefeituras opositoras estão convencidas de que chegou o momento de partir para o ataque. Antonio Leigue.

PaquistãoO assassinato de Bhutto representa uma tragédia multidimensional em um país que está na estrada para novas tragédias. Tariq Ali.

ColombiaA liberdade dos presos políticos das FARCs está dependente da libertação dos combatentes da resistência. James Petras.

ChávezO líder bolivariano atraiu contra si todos os espantalhos sociais com os quais deve lidar qualquer governo digno. Atílio Borón.

ChávezO medo se agrava com a possibilidade concreta de a Venezuela passar a integrar o Mercosul. Por isso, fomenta-se no Brasil um processo de satanização de Hugo Chávez.