Correio da Cidadania

0
0
0
s2sdefault

bandeira_paraguai.jpgPoucos sabem que, no vizinho Paraguai, no dia 20 de abril, haverá eleições gerais. A desinformação faz parte da política corporativa brasileira, que dá as costas aos processos latino-americanos. Anuncio Martí.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_paraguai.jpgCandidatura de ex-bispo desponta como favorita e promete rever Tratado de Itaipu. Governo brasileiro indica preferir a direita a enfrentar a luta pela soberania hidrelétrica do país. Gilberto Maringoni.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_venezuela.jpgA postura venezuelana e equatoriana de reverter ao Estado, e não às transnacionais, os lucros advindos da exploração do petróleo atinge frontalmente os interesses geopolíticos dos EUA. Eduardo Silveira Netto Nunes.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

foto_uribe.jpgAté o seu último dia, Reyes foi a voz das FARC no diálogo com o mundo. O triunfalismo do presidente neofascista da Colômbia não tem o poder de fazer história. Miguel Urbano Rodrigues.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bandeira_argentina.jpgA greve do campo contra o governo é uma medida reacionária: ou seja, não expressa interesses populares, dos explorados, mas sim dos grandes proprietários. Juan Jose Funes.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

binoculoscolor.jpgNão é ficção, muito pelo contrário: já está em construção em pequenas e grandes iniciativas que se multiplicam pelo planeta o mundo possível preconizado pelo Fórum. Grupo de São Paulo.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

xilocidaderostos.gifA solidariedade contra os crimes desse Estado monstruoso, instrumento do imperialismo no Médio Oriente, tornou-se dever para a humanidade progressista. Miguel Urbano Rodrigues.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

africanos.jpgObservar os acontecimentos no Quênia apenas sob a ótica da etnia nos dá uma visão apenas nebulosa da situação, usada pelos governantes para toldar o povo. Oduor Ong'wen.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

bushnero.jpgO fim da ocupação dependerá exclusivamente do aumento da pressão interna e internacional e da força da resistência iraquiana. Altamiro Borges.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

balancahomemfolha.jpgO governo Lula é simpático às reformas da Venezuela, Bolívia e Equador. Entretanto, não tendo maioria no Congresso, vai agir com extrema cautela. José Luiz Quadros de Magalhães e Frei Gilvander Luis Moreira.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault
eua bandeira costela.gifA situação se agrava porque o clima de guerra se endurece. O governo pretende impor o fim da troca humanitária e consolidar uma proposta militar agenciada desde os Estados Unidos. Pietro Alarcón.
0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

evomorales.jpgO ministro da presidência Juan Ramón Quintana confirmou desvios milionários de fundos para patrocinar ações de grupos adversos ao presidente Morales, através de Organizações Não Governamentais. Mario Hubert Garrido.

0
0
0
s2sdefault