Palestinos completam 72 anos de resistência sob leis racistas, “acordos” destruídos e agora a pandemia que castiga presos políticos.

Botello passa a ser o terceiro presidente da YPFB - atolada em corrupção pelas sucessivas chefias impostas durante os seis meses do golpe de Estado.