Sebastián Moro foi atado a uma árvore e espancado. Faleceu dias depois no hospital. Ditadura mente sobre a causa da morte.

Derrota da esquerda oficial deste país reitera limites políticos e ideológicos dos governos progressistas.

Tudo controlado. Longe da turbulenta vizinhança regional. Abastecido contra a perseguição insurrecional. Não há perigo de contágio, por ora.

Resta à direita impor seu regime à força, pois chamar novas eleições as chances de vitória do MAS seriam enormes.

O Correio entrevistou Carlos Arturo Garcia Marulanda, da Coordenação de Organizações Sociais e um dos membros do comitê da Greve Nacional deflagrada em novembro. 

Conversamos com a socióloga argentina Maristella Svampa, autora do livro As fronteiras do neoextrativismo na América Latina: conflitos socioambientais, giro ecoterritorial e novas dependências.

Repressão feroz sobre os 500 mil manifestantes que se despediam dos mortos. Caixões ficaram largados nas ruas.

Igrejas que não estão comprometidas com a completa destruição do vale de lágrimas causado pelo capitalismo são empresas.