Recebemos o redator-especial do Hora do Povo para uma conversa sobre a Bolívia, chacoalhada por um golpe de Estado e pela pandemia.

Contadas as nossas relações com esses artefatos fumígenos que embalam conversas de boteco, temos mais uma: o “bombardeio” ao STF.

Entrevistamos um grupo de trabalhadores da Cinemateca, descontentes que, por medo de represálias, ainda se organizam e pediram para manter sua identidade em anonimato.

Meta dos 30 mil batida, a fábrica de água sanitária e aqueles que torcem contra: Palhaço Bozo em perigo e New Brazil em polvorosa.

Furacões, maremotos, urubus na plantação de ópio, tarifaço dos balões de ar, necroburgueses, bozólogos e um detalhe: a pandemia.

O dia que abalou o New Brazil: Gerente Laranja encontrado, diário de um miliciano enganado, o autoexílio do Diretor Scheisse e os primeiros presos políticos a favor do regime. ‘É nóis, Queiróis’, diz a gíria.

Avançam Aqueles que Torcem Contra e o New Brazil Papers, a audiência cai, um morto por segundo e o monstro soviético começa a marcar suas vítimas.

Enquanto o programa do Palhaço Bozo segue a todo vapor, a pandemia tem produzido seus danos colaterais no cotidiano de algumas cidades do New Brazil. Na Copa, já estamos em terceiro! Rambozo que se cuide!

Nesta entrevista apresentamos ao leitor a nossa nova colunista, Elaine Tavares. Jornalista há décadas, tem atuado nos últimos 22 anos através de rádios comunitárias e outros projetos.

As ruas são nossas, mas o Palhaço Bozo contrataca atormentando pacientes de cronicavírus e infernizando as periferias. Soam as sirenes do New Brazil! Nos veremos em Haia?

Entrevistamos hacktivista do Coletivo Planètes para analisar o recente vazamento de dados simpatizantes da causa Antifa às vésperas de novas manifestações.

Conheçam uma nova personagem da nossa trama. E mais: o churrasco dos 10 mil de jet ski, o acampamento armado dos 299 e mudanças na seleção: tudo normal no New Brazil! Rumo ao Hexa e liberem a fita!