0
0
0
s2sdefault

altO PT denunciou os “casos” do Sivam, Proer, compra de votos para a emenda da reeleição, pirataria nas privatizações. Porém, jamais se debruçou no estudo de como se precaver e de como tratar o combate contra a corrupção à medida que o partido se institucionalizava.

0
0
0
s2sdefault

altMesmo que o socialismo mantenha a propriedade privada, estabelecendo relações de cooperação e luta com a propriedade pública, isso é abominável para os representantes do capital pelo simples fato de que eles perdem o domínio sobre a economia.

0
0
0
s2sdefault

altO PT e, em geral, a esquerda, parecem não haver se dado conta de que a vitória eleitoral de Dilma foi, ao mesmo tempo e contraditoriamente, uma profunda derrota política. A ausência de uma avaliação adequada a respeito tem conduzido o PT a ações erráticas.

0
0
0
s2sdefault

altTanto os chineses quanto os vietnamitas e, agora, os cubanos, deram-se conta de que a economia política é o centro do problema de construção socialista em países atrasados. Liquidar a propriedade privada e o mercado não pode ser um ato administrativo.

0
0
0
s2sdefault

altNão faria mal que o PT também demonstrasse coragem política ao desculpar-se perante o povo brasileiro e tomasse a decisão pública de não mais aceitar contribuição de empresas privadas.

0
0
0
s2sdefault

altNão é por acaso que todas as medidas apresentadas por Katz vêm sendo adotadas não só pelos países da ALBA, mas por um número bem maior de países, contribuindo para o desenvolvimento capitalista regional, sem apagar as diferenças nacionais.

0
0
0
s2sdefault

altSem qualquer pudor, FHC quer “redesenhar a rota do país”, com “mudanças no governo”. Haveria “um grito parado no ar, um sentimento difuso, mas que está presente”, cabendo “às oposições expressá-lo e dar-lhe consequências políticas”.

0
0
0
s2sdefault

alt

A impossibilidade de computar o número de partidos e movimentos que se denominavam socialistas era apenas a expressão imediata da perplexidade com que os combatentes socialistas se confrontavam.

0
0
0
s2sdefault

altChegou a hora de reconhecer que o Brasil vive uma situação crítica. Isto, do ponto de vista tanto econômico e social, quanto político. Em primeiro lugar, porque a política econômica não se livrou da camisa de força neoliberal

0
0
0
s2sdefault

altEmbora a humanidade corra o perigo de ser destruída pela loucura do capital, o que vale a pena reafirmar é o fato de que o capitalismo gera socialismo e comunismo quanto mais se desenvolve.

0
0
0
s2sdefault

altO igualitarismo que pressupõe atender todas as necessidades sociais, ou o atendimento a seres com necessidades desiguais, só pode ocorrer numa sociedade que possua forças produtivas desenvolvidas ao nível de suprir tais necessidades.

0
0
0
s2sdefault

altBem vistas as coisas, 2015 será um ano decisivo não só para o futuro da esquerda, do PT e do governo Dilma, mas também para o futuro do próprio país. Não é preciso grande clarividência para perceber o que estará em jogo.