Correio da Cidadania

Em visita à Casa Branca, premier israelense consegue consentimento prático aos objetivos políticos sionistas.

Talibãs garantem que 85% da população já estão sob seu controle, o que é contestado por Cabul, mas admitido por militares dos EUA.

Da revolução à degeneração, ex-líder sandinista e atual oligarca promove eleições de fachada num país destruído.

Sua polícia persegue e prende ativistas do Hamas, fornece informações ao serviço secreto de Jerusalém e aborta planos insurgentes.

É cada vez mais constrangedora a omissão, em especial dos EUA, diante da limpeza étnica promovida por Israel.