E se a classe política tomasse o lugar dos médicos na hora de decidir quem tem acesso a respiradores?

Começamos a viver as consequências de ser governados por alguém que odeia o próprio povo.

Que a sociedade não precise ir ao fundo do poço para começar a inflexão que reverterá decisões recentes de destruição.

Existiram militares que lutaram pelo bem estar do nosso povo, pela democracia, por um Brasil soberano e demais causas nobres.

As escolhas das forças armadas sobre possíveis inimigos mostram o alto grau de dominação existente nas mentes dos seus planejadores.

Reflexões pessoais num momento onde elites manifestam sociopatia em níveis assustadores.

Os grandes interesses continuam camuflados e preservados até o próximo acidente.

Lutar e nunca esmorecer, mesmo que a correlação de forças seja injusta.

Alguns pontos que poderiam opor ao governo neofascista um projeto realmente favorável à população.

Os EUA atingiram a perfeição no processo de dominação porque não precisam mais invadir militarmente um país.