Renda universal, reforma tributária progressiva, suspensão da dívida externa, sistema nacional de cuidados e transição socioecológica.

Se a gestão dos recursos hídricos seguir como hoje, não haverá melhora na qualidade da água e do sedimento de nossos mananciais.