Se a Igreja Católica não passar por reformas profundas, como erradicar o clericalismo e tornar efetiva a opção pelos pobres, perderá cada vez mais fiéis.

Prefiro incluir nos monumentos placas contendo a versão da história pela ótica dos vencidos. Estes costumam estar com a razão.

Cidadão brasileiro, ainda luto por alforria, empenhado em abolir preconceitos e discriminações.

Embora pobre, doou US$ 100 mil em máscaras e equipamentos médicos ao Japão e, aos EUA, 200 mil máscaras e 450 mil roupas de proteção.

Uma pequena crônica da sociedade neoliberal a partir de algumas ‘carteiradas’ que viraram notícia nos últimos dias.

É o Executivo que, com a anuência ou aprovação das Forças Armadas, está com a faca e o queijo nas mãos.

Como salvar o Brasil da acelerada desindustrialização, do sucateamento do setor produtivo e do aumento do desemprego?

Em uma quarentena, sem data marcada para terminar, a neurose de domingo ganha proporção alarmante.

A espada de Dâmocles paira sobre a sua cabeça. Se ficar em casa, morre de fome. Se sair, de infecção. Não lhe resta alternativa?

Apresentamos aos ministros o Plano de Soberania Alimentar e Educação Nutricional, a ser implementado na ilha do Caribe.