O bolsonarismo é antes um aventureirismo miliciano/familiar, sem laços orgânicos com a hierarquia das Forças Armadas.

O 8 de março será especial no mundo inteiro. No Brasil, mais ainda, como contraponto ao chamado fascista para 15 de março.

Derrota de Corbyn reforça que reformismo não é antidoto suficiente contra neoliberalismo selvagem e populismo de direita.