No exato momento em que Lula aparece bem nas pesquisas, o Partido da Mídia muda sua abordagem da corrupção.

Na prática, a crise está forçando grande parte dos 13 milhões de desempregados a tentar reincorporar-se ao Bolsa Família.

A análise do “comportamento” capitalista quanto à competividade dificilmente poderia indicar que o modo de produção cria seus próprios limites estruturais.

Dom Emílio Odebrecht deu a aula magna sobre as seculares engrenagens do capitalismo brasileiro.

Em sua insensatez de proteger o setor, governo forneceu os principais motivos para as decisões de suspensão das importações.

Cresce o número de profissionais possuidores de “capitais culturais” que se vêm jogados do “trabalho de classe média” para o desemprego estrutural.

Apresentar a elite globalista como antifascista é repetir a mentira que encobriu as disputas intercapitalistas dos anos 30.

Volto à crítica de A Tolice da Inteligência Brasileira. Talvez alguns se perguntem por que estou dedicando tanto tempo a esse trabalho. Afirmo dois motivos.