Correio da Cidadania

0
0
0
s2sdefault

Vitória republicana nas eleições de meio de mandato pode inclinar EUA a pedir cessar-fogo entre Moscou e Kiev.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Enquanto Washington, Londres e Moscou jogam com o tempo a fim de ampliar sua influência, Kiev tem sido o único a perder.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

O desafio não é somente a substituição de dirigente – muito bem-vinda, aliás – mas o de modelo de desenvolvimento.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Política exterior russa tornou-se subterfúgio para abafar a acautelada oposição e a latente insatisfação popular.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

A intranquilidade da Rússia com a expansão da OTAN remonta à frustrada tentativa de convívio regular, materializada em 1997.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Como fica enlace anglo-americano de ajuda à Ucrânia após saída do primeiro-ministro na última quinta-feira.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Da fusão brotará a geringonça, que satisfará necessidades imediatas e mínimas sem aborrecer o mercado.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Há semanas os russos esforçam-se para conquistar Mariupol, em especial o complexo metalúrgico Azovstal.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Além do drama diário da população ucraniana na disputa, o Kremlin envolve de forma lenta o restante da Europa.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

No quinto mês de duração do conflito, principais potências deslocam preocupações para seus problemas internos.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Setembro de 1822 será a antessala da reflexão do Brasil de 2023.

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

Impactos das decisões dos países do arco atlântico de desestimular a Rússia podem ser insuficientes.

0
0
0
s2sdefault