As crises tendem a atacar principalmente os países com indústrias enfraquecidas e economias dependentes dos mercados internacionais de matérias primas.

A esquerda precisa apresentar planos para enfrentar a emergência e tomar a iniciativa de lutar para colocá-los em execução.

Um passado de contribuição para o desenvolvimento do país e melhorias na vida dos trabalhadores; um presente de cegueira de seus dirigentes.

Queda nas condições de vida já são visíveis, mas esquerda erra ao achar que governo ruirá naturalmente.

Liberais são estúpidos em tentar dissociar cultura fascista do governo de sua agenda; passado mostra que também acabarão derrotados.

Reformas do Posto Ipiranga vão piorar ainda mais selvagemente as tendências da economia, do emprego e do meio ambiente.

Mesmo que o PIB brasileiro cresça esses 2,5% em 2020, isso representará a continuidade da patinação econômica do país.

Supor que a pandemia fará o capitalismo voltar a 1930, rejuvenescendo-se para retomar seu caminho, é o mesmo que acreditar em sua eternidade.

O pior dos erros de avaliação pré-impeachment é ver que eles ainda perduram no PT e nas esquerdas.